Fluxus em Portugal (?) – in-progress#2

1.000.011º Aniversário da Arte, 1977

img760

[CEMES/Isabel Alves]

“A partir de uma ideia de Robert Filliou, em 17 de Janeiro de 1974, Ernesto de Sousa organizou com o Circulo de Artes Plásticas de Coimbra, uma festa comemorativa do 1.000.011º Aniversário da Arte. Na década de 70 e até 1987, Túlia Saldanha foi a figura dinamizadora do Circulo (presidia ou fazia parte da Direcção) e a interlocutora, juntamente com Alberto Carneiro, de Ernesto de Sousa para inúmeras iniciativas.
Em 1974, colaboraram no Aniversário da Arte, entre outros, João Dixo, Armando Azevedo, Albuquerque Mendes, Miranda, e Teresa Loff (está fotograficamente documentado). Outros sócios como  José Casimiro, Fernando Pinto Coelho, Alfredo Pinheiro Marques, Ção Pestana, Avelino Sá, Luísa Saldanha, Margarida Mestre, António Barros, Vítor Diniz, não temos informação das datas em que aderiram ao CAPC e se  participaram  nesta, mas certamente  em iniciativas posteriores. (Luiz  Vaz 73, 1976, Alternativa Zero, 1977, Olympia, Pre Texto, SACOM, etc).” – IN CEMES – Centro de Estudos Multidisciplinares sobre Ernesto de Sousa e sua obra.

Robert Filliou (1926 – 1987) fez parte da corrente do Fluxus francês, que produziu obras multidisciplinares, como cineasta, “action poet”, escultor e “maestro happening”.  Em meados dos anos 60, Ernesto de Sousa entrou em contacto com vários fluxistas, entre os quais o prolixo Robert Filliou. Igualmente, se corresponde com Ken Friedman, entrevista Ben Vautier e Joseph Beuys na Dokumenta 5 em Kassel, e conhece Wolf Vostell. É sobretudo com Filliou e Vostell que parece estreitar uma ligação que resultará no evento acima mencionado e nas (3) SACOM – Semanas de Arte Contemporânea de Malpartida, que co-organizará com Wolf Vostell em Malpartida, e as quais incluiram um repertório de artistas portugueses (as) com uma obra digna de análise também nestes meandros .

[lista de E.S. dos artistas que integraram a SACOM 2, 1979 – do mesmo arquivo]

participantes SACOM 2.png

[…]

Sónia Pina, 22 Jul 2016

2º texto de uma série que integrarão o Diário de Bordo das ‘matizes’ da investigação em torno das artes expandidas em Portugal.

Advertisements

About Sónia Pina

Investigadora em Filosofia da Comunicação, New-media, Old-media, Ontologias digitais, Fluxus, Visualismo, Info-estética (protocolos visuais da comunicação), Intermedialidades na arte;

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: